Planejando 2021 – Dicas para se destacar no mercado de arquitetura

rs-design-arquitetura-dicas-2021-planejamento

2020 definitivamente foi um ano atípico, tenso e repleto de desafios. Para 2021, quais as perspectivas? O cenário não se transformará totalmente do dia 31 de dezembro para 1º de janeiro, então conviveremos ainda por tempo indeterminado com as incertezas trazidas pela pandemia de COVID-19. Diante de tudo isso, planejamento é a chave para um ano mais equilibrado e produtivo.

Na arquitetura, em um primeiro momento o susto pela interrupção de projetos. Posteriormente, demandas de adaptações de espaços tanto residenciais quanto corporativos começaram a surgir mostrando, para os profissionais, que o setor é dinâmico e sofre interferência direta de tudo o que vem ocorrendo no mundo. E agora? Quais as dicas para se destacar em um mercado competitivo e que exige atualização (e monitorização) constante?

Elaboramos três dicas para te auxiliar nesse momento de planejamento para mais um ano de trabalho:

1. Acompanhar tendências e movimentações globais

O novo coronavírus nos mostrou que tudo o que acontece no mundo, independentemente do segmento, pode impactar o mercado de arquitetura. Estar atento às notícias, acompanhar todas as movimentações globais, e estar por dentro das principais tendências é indispensável para o arquiteto que busca se antecipar às interferências e, assim, conseguir pensar nas melhores soluções para aproveitar aquelas oportunidades que surgem, inclusive, durante as crises.

Um ponto interessante é seguir, nas redes sociais, os principais canais de notícias e, também, consultorias que pesquisam o comportamento dos consumidores. E, claro, manter a mente aberta para ouvir essas tendências, interpretá-las e adaptá-las à realidade do seu mercado interno.

2. Investir em comunicação e marca

Quem não é “bem” visto, não é “bem” lembrado. As redes sociais ganham cada vez mais relevância para os negócios. Estar presente nessas mídias auxilia tanto na reputação da sua marca quanto na sua comunicação com seus clientes e parceiros. Mas não basta estar aparecendo nas mídias, é importante estabelecer qual imagem estará alinhada ao seu estilo de trabalho. Como você quer que as pessoas te reconheçam? Que tipo de profissional de arquitetura? Especialista em alguma área? Multidisciplinar? Atuante em segmentos com qual poder aquisitivo? Tudo isso vai estabelecer parâmetros para suas estratégias de comunicação e conteúdo. Sim, tudo o que você postar deve ter um propósito. Pode ser do jeito mais informal possível, porém com o objetivo de transmitir uma mensagem às pessoas, formando o que chamamos de “autoridade” de conteúdo. Ou seja, as pessoas vão ter confiança nas suas informações.

Outro ponto é entender quais são as plataformas que mais se encaixam no seu negócio. Procure observar que para cada tipo de canal existe um tipo de linguagem. A comunicação no Youtube tem uma dinâmica diferente do Pinterest, por exemplo. Na sequência, criar conteúdo próprio para abastecer esses canais compartilhando conhecimentos e detalhes sobre o seu campo de atuação garante que você, como profissional de arquitetura, ou seu escritório, ganhem reputação e passem a ser fonte de informação.

3. Ler, estudar, aprender

A arquitetura é uma profissão ágil que exige atualização constante. Todos os dias surgem novos materiais, novos processos, novas ideias e, até mesmo, novas necessidades. O arquiteto que visa se desenvolver precisa estar de olho em tudo isso, mas não apenas incorporar tudo o que surge. Precisa perceber o novo e avaliar para entender se aquilo realmente faz sentido dentro do seu mercado, do seu nicho de trabalho. Principalmente no Brasil, um país continental com tantas diferenças socioeconômicas e culturais, é importante que o arquiteto absorva, adapte e decida o que vale e o que não vale.

Educação continuada é fundamental e não está vinculada apenas a cursos formais. É possível aprender lendo, pesquisando e praticando tudo o que foi observado. Aqui mesmo, no Espaço do Arquiteto, você encontra muito conteúdo instrucional. Tudo bem, estamos puxando a sardinha para o nosso lado, mas realmente procuramos trazer um conteúdo bem relevante aos profissionais de arquitetura, com embasamento e muitas referências de informações internacionais. É que além de ser uma área com a qual nos identificamos, queremos fornecer um material de qualidade aos profissionais da arquitetura e design de interiores que muitas vezes são nossos parceiros.

Ao navegar pelas categorias listadas ao lado você encontra informações sobre neuroarquitetura e biofilia, por exemplo, que estão na vanguarda dos debates de arquitetura e design, e confere notícias sobre tendências e curiosidades desse mercado extremamente dinâmico.

Vamos continuar nos movimentando para trazer informações bacanas para você! Vamos aproveitar esse momento de transição entre 2020 e 2021 para planejar nossos negócios e, fazer a nossa parte para tornar melhor os espaços das pessoas.

Voltar para home Espaço do Arquiteto
Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *