Estamos valorizando nossos arquitetos?

Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

O cenário da arquitetura brasileira está em crescimento. Pelo menos é o que indica o Anuário de 2018 divulgado pelo CAU/BR (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil), publicação que traz os principais dados e mapas do mercado de arquitetura e urbanismo no Brasil.

Segundo o estudo, em 2017 os arquitetos e urbanistas brasileiros realizaram 1,4 milhão de atividades, o que representa um crescimento de 2,5% em relação ao ano anterior. “Crescimento muito importante porque sinaliza uma retomada após a queda de 10% nas atividades em 2016”, aponta Luciano Guimarães, presidente do Conselho, na apresentação do estudo.

Mas o que impulsionou a atuação desses profissionais? Muito desse desenvolvimento se deu graças à publicação da Norma de Reformas da ABNT que, em 2014, passou a obrigar condomínios a apresentar laudo técnico assinado por engenheiro ou arquiteto na hora de realizar qualquer obra nos imóveis.

Os arquitetos brasileiros também passaram a assumir um maior número de obras pelo país: 6% a mais entre 2016 e 2017. Somente em São Paulo, que é o estado onde há maior desenvolvimento da profissão, de 2016 para 2017 o crescimento foi de 12%.

Em um país que conta com mais de 150 mil arquitetos e urbanistas, a profissão está ganhando cada dia mais força. São, segundo dados do anuário, 22.147 empresas de arquitetura no país. E quanto mais empresas, mais arquitetos. E quanto mais arquitetos, mais serviço.

Essa proporção pode ser notada pelo fato de que as atividades de arquitetura aumentaram justamente em localidades onde formam-se mais profissionais a cada ano. Em Rondônia, entre 2012 e 2017 a população de arquitetos triplicou e as atividades por eles realizadas quadruplicou. Em São Paulo – que concentra 1/3 de todos os arquitetos do país – o número de profissionais cresceu 39% entre 2012 e 2017 enquanto o mercado de trabalho cresceu 63%.

O Anuário de 2018 traz um grande panorama sobre a área de arquitetura e urbanismo, consolidando informações estratégicas para quem está interessado em expandir suas atividades ou mesmo migrar de cidade ou de estado. Clique AQUI para baixar o arquivo disponibilizado pelo CAU/BR e conferir detalhes sobre as atividades mais desenvolvidas (projeto, gestão, execução de obras, meio ambiente, ensino e pesquisa, engenharia e segurança do trabalho) e sobre como se comporta o mercado em cada uma das cinco regiões brasileiras.

grafico1_caubr_v2

Crédito: Reprodução CAU/BR

Crédito: Reprodução CAU/BR

 

 

Voltar para home Espaço do Arquiteto
Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *