Mudanças na sua empresa para atender novas formas de trabalho

 

No início da pandemia, com as pessoas sendo obrigadas a ficar em home office e com restrições para sair de casa, acreditou-se numa alta produtividade deste modelo de trabalho. Porém, com o passar dos meses, identificou-se que este método emergencial dentro de casa por conta da pandemia não é necessariamente um modelo de “trabalho remoto”.

As pessoas começaram a apresentar cansaço e fadiga mental. As inúmeras reuniões online provocaram o que está sendo chamado de “zoom fatigue” e a falta de motivação começou a imperar. O termo menciona o famoso aplicativo de videoconferência, o Zoom, mas seu significado não se resume a ele. Ou seja, o “zoom fatigue” é a fadiga a que o cérebro se submete após várias sessões em frente à tela. Esse fenômeno é mais comum no trabalho remoto.

Ambiente preparado para reunir equipes de forma colaborativa, presencialmente ou por videoconferências. Mobiliário RS Design.

Empresas podem passar por mudanças e rotinas híbridas

Agora, as empresas estão precisando rever os modelos de negócios e de gestão de pessoas. Atualmente, diversos negócios estão retomando o espaço físico. Mesmo os que não deixaram o home office definitivamente, muitas vezes estão incluindo atividades híbridas. Ou seja, cada vez mais empresas organizam profissionais alguns dias trabalhando em casa e outros no escritório.

Com esse movimento, as empresas devem analisar o que precisa ser mudado e, se necessário, fazer alterações físicas no escritório. Dessa forma, as alterações variam de acordo com cada empresa e a sua área de atuação. As mudanças podem ser no âmbito conceitual ou em espaços pontuais.

Diversos ambientes para as pessoas escolherem onde querem trabalhar, conforme as atividades exercidas. Áreas abertas para reuniões mais colaborativas e fechadas para atividade mais privativa. Mobiliário RS Design.

Novas tendências para ambientes de trabalho

Em grande parte dos casos, não é necessário fazer grandes mudanças no escritório. Na verdade, com poucas mudanças é possível fazer o ambiente ganhar vida e se adequar ao novo cenário mundial.

Por exemplo, uma das principais novas tendências para ambientes de trabalho é apostar e incentivar a circulação de pessoas. Quanto mais as pessoas se movimentam no escritório, melhor para a saúde delas. O movimento também permite o encontro com outros profissionais da empresa, o que pode gerar bons insights para o negócio. É claro, tudo ainda mantendo os protocolos de distanciamento, máscaras e higiene.

É válido permitir que as pessoas escolham onde querem trabalhar, conforme a atividade que estejam exercendo. E a tecnologia permite isso, já que basta pegar o notebook e sentar em espaços preparados pela empresa.

No mesmo sentido, salas de refeições maiores também são recomendadas, uma vez que existe a tendência das pessoas trabalharem nestes espaços, transformando-os em áreas multiuso, sejam para pequenas reuniões ou para alguma atividade individual de trabalho.

Áreas de reuniões com café e espaços humanizados também já eram tendências antes da pandemia e continuam se consolidando.

Algumas pequenas mudanças tornam um escritório humanizado, como iluminação natural, para diminuir o cansaço visual, muita vegetação e móveis leves e descontraídos. Entretanto, mesmo com mobiliário descontraído, eles podem – e devem – ser “utilizáveis”. Ou seja, uma área repleta de pufes pode ser muito positiva para uma reunião de ideias, permitindo que as pessoas fiquem mais à vontade e acabem sendo mais participativas.

Cada vez mais o foco é de mobiliário multiuso, fácil de carregar e de higienizar. Além de tudo, o mobiliário multiuso permite uma utilização mais inteligente de todo o espaço.

Área para refeições com conceito multiuso, que também pode ser utilizada para atividades colaborativas ou individuais. Mobiliário RS Design

Plantas funcionam para filtrar o ar. Mais que isso, elas também contribuem para um escritório humanizado ao criar um ambiente mais acolhedor e confortável. Espaços que promovem a conexão de pessoas também melhoram o humor e a satisfação dos funcionários. Consequentemente, os funcionários acabam com maior produtividade no ambiente de trabalho.

Para finalizar nossas dicas, os produtos para conforto acústico, que já são muito utilizados no exterior, começam a aparecer por aqui e agradam tanto no visual como na qualidade sonora do ambiente. São painéis, placas e até luminárias acústicas que podem ser inseridos no escritório, absorvendo as ondas sonoras e tornando o espaço muito mais agradável.

Nós, da RS Design, ajudamos você a entender quais as principais mudanças que precisam ser feitas em seu escritório agora. E também quais os móveis mais adequados para o seu caso e seus objetivos. Entre em contato conosco!

 

Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *