Como trabalhar a saúde mental dos colaboradores diante da pandemia

saúde-mental-colaboradores-pandemia-1

Cada pessoa reage de uma forma diante de uma situação adversa. Isso fica muito evidente em uma situação que afeta praticamente todas as pessoas do planeta, como a pandemia do novo coronavírus.

Você está observando a sua equipe? Como as pessoas estão reagindo?

Tanto as pessoas atuando no escritório ou no sistema home office, sofreram grandes alterações em suas vidas. Se isso não for trabalhado, ou seja, se a saúde mental não for uma preocupação da empresa, essas pessoas terão uma baixa de satisfação pessoal e por consequência, de produtividade.

Tão importante quanto a saúde física do seu colaborador é a saúde mental. Cada um de nós tem uma forma de lidar com as mudanças, porém, muitas pessoas podem estar precisando, neste momento, de uma ajuda a mais. E o papel da empresa é fundamental para identificar, entender e ajudar o colaborador.

 

Como a pandemia afeta a saúde mental do colaborador?

Você sabia que quatro em cada dez brasileiros (41%) têm sofrido de ansiedade como consequência do surto do novo coronavírus. As mulheres são as mais afetadas: enquanto 49% se declaram ansiosas, 33% dos homens estão lidando com o sintoma no momento. Os dados fazem parte do levantamento TrackingtheCoronavirus, realizado semanalmente pela Ipsos com entrevistados de 16 países.

A situação é de muito estresse e pode causar danos psicológicos. Aliás, veja que propício para o momento o significado da palavra “estresse” no dicionário:

saúde-mental-colaboradores-pandemia-2

Isso pode levar as pessoas a desenvolverem diversas alterações mentais ou ficarem ainda mais preocupadas em seu dia a dia. Dessa forma, a pandemia pode afetar a saúde mental de diversas maneiras como, por exemplo:

  • Aumento das preocupações financeiras, seja pela queda do salário ao ter a redução de horas trabalhadas ou por um membro da família perder o emprego;
  • Neuroses relacionadas à saúde, visto que não há vacina que proteja a população do coronavírus, até o momento;
  • Ansiedade pela ausência de convívio social;
  • Pânico e medo de sair na rua e correr o risco de ser infectado;
  • Alimentação desregulada (muitos estão comendo além do normal);
  • Transtornos do sono (a insônia afeta atualmente 26% dos brasileiros, segundo pesquisa da Ipsos).
  • Ansiedade para lidar com pressão no trabalho e tarefas da casa.

 

Esses são apenas alguns exemplos de como a saúde da equipe pode ser afetada durante este período. Para ajudar os colaboradores a superarem isso, a empresa precisa atuar efetivamente e oferecer suporte.

 

Cuidando da saúde intelectual dos colaboradores

Há alguns recursos que podem ser oferecidos pela empresa e que ajudarão o colaborador a transitar por essa fase, sem sofrer grandes danos em sua saúde mental. Para isso, é preciso oferecer tanto suporte psicológico, quanto boas condições de trabalho. Dentre as possibilidades há as seguintes:

 

Adote ferramentas de trabalho eficientes

Dar estrutura para que o trabalho remoto possa ser realizado é muito importante, pois ajuda a equipe a ser produtiva. Tanto estrutura tecnológica como de materiais são fundamentais. Estrutura para que o trabalho do colaborador seja feito com condições adequadas, incluindo móveis que preservam a sua saúde (uma boa cadeira é fundamental), internet e espaço adequado de trabalho. Muitas empresas estão adotando o sistema híbrido de trabalho, ou seja, nem só home office, nem só escritório. Para isso, todo um suporte tecnológico e de materiais é necessário, garantindo a fluidez do trabalho e evitando a ansiedade em todos.

 

Envie dicas para seu colaborador

Algumas campanhas para melhorar o dia a dia de trabalho podem dar um toque nas pessoas que poderão adotar atitudes mais positivas diante da atualidade.
Separamos algumas dicas interessantes:

- Estabeleça uma rotina: principalmente para o pessoal de home office, uma rotina com horário pré-estabelecido de trabalho, concentrando alguma atividade física, almoço e lanches em intervalos, é muito valiosa para a saúde mental. E da parte da empresa, é importante estabelecer um consenso entre os outros colaboradores. Nada de ficar mandando whatsapp depois do horário, hein…

- Cuidado com o bombardeio de informações: é muito importante nos manter informados, porém mais do que isso, é importante buscar canais sérios e também diversificar os assuntos. Isso abre a nossa mente para entender o mundo a nossa volta, sem estimular o pânico ao assimilar um assunto único, como a pandemia.

- Leia livros: envie dicas de leitura que “acalmem” a mente. Tanto leitores habituais como principiantes, precisam colocar uma leitura de engrandecimento pessoal na lista de leitura.

- Aprenda coisas novas: não existe melhor estimulante ao cérebro do que aprender algo novo. Nosso cérebro é plástico e tem uma capacidade incrível de aprender, por isso, podemos escolher alguma atividade em que temos afinidade e botar os neurônios para funcionar. Isso faz um bem enorme!

- Interagir e aproveitar a família: se tiver um pet então… é só brincar com ele para o seu cérebro aumentar a produção de ocitocina, que é considerado o hormônio do amor e bem-estar.

 

Atendimento psicológico

É claro que algumas dicas podem ajudar os seus colaboradores, mas é importante contar com uma ajuda profissional para avaliar a todos da equipe.

Contrate um psicólogo para atender a equipe temporariamente ou estimule o uso do plano de saúde empresarial, quando houver. Incentive os colaboradores a agendarem atendimento on-line com psicólogos, para que possam cuidar da saúde mental mesmo que à distância.

saúde-mental-colaboradores-pandemia-3

Comunicação

Facilite a comunicação do colaborador e promova uma constante interação entre as equipes e lideranças. É possível que a pessoa precise de orientação sobre prazos, alinhamento com os planos da empresa e acompanhamento dos acontecimentos.

Ela precisa ter alguém para ouvi-la e que a ajude a encontrar o melhor caminho. Os líderes precisam ser empáticos e devem estar preparados para a flexibilidade que a atual condição exige.

Viu quantas alternativas? Como a sua empresa está lidando com tudo isso? Conte pra gente nos comentários!

Comentários
0 Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>