Como se comunicar em reuniões usando máscara

 

Tendo sido adotada como elemento indispensável para a convivência social, a máscara pode atrapalhar o diálogo interpessoal. Traremos a seguir algumas dicas de como driblar esse efeito negativo dessa ferramenta tão importante na atualidade para preservar vidas.

Usar máscaras se tornou parte do nosso cotidiano há mais de um ano. Tivemos que nos acostumar, mesmo sendo um incômodo em nossa face e dificultando a nossa fala.

Mesmo sendo atualmente indispensável, é claro que o uso de máscaras interfere nas relações humanas, o que é notório principalmente na comunicação do dia a dia. Por trás da máscara muitas vezes as palavras ditas ficam abafadas ou confusas, dificultando muito o entendimento, além disso, nossa comunicação tem muito de leitura labial, essencialmente para pessoas com alguma perda auditiva.

É importante salientar que a comunicação, para além dos aspectos verbais, conta com os elementos não verbais, mas mesmo nestes o uso de máscara também interfere. As expressões se tornam veladas e as diversas movimentações faciais, tão importantes para transparecer diferentes sensações são tampadas e muitas vezes se tornam praticamente imperceptíveis.

Ultrapassar esse desafio da comunicação e fazer-se entender nos tempos atuais não é uma tarefa fácil, mas a seguir apresentamos algumas dicas que podem facilitar essa dinâmica.

 

Use gestos

A linguagem não verbal não se resume a expressões faciais, mas sim a todo tipo de gestos ou movimentações que o corpo como um todo é capaz de fazer para transmitir uma mensagem.

Gesticular com as mãos é uma das formas mais comuns de expressão associada à fala e, nesse momento, muito útil, mas não é a única. Sorrir com os olhos, franzir a testa, balançar a cabeça, apontar com os dedos e até mesmo utilizar linguagem de sinais, para aqueles que a conhecem, pode contribuir muito para transmitir a mensagem com maior eficiência.

 

Fale devagar e com objetividade

Prestar mais atenção na forma que as palavras são ditas pode ajudar a driblar a distorção muitas vezes causada pelo abafamento proporcionado pelas máscaras. É comum que no cotidiano a fala seja mais rápida, principalmente em situações de ansiedade e nervosismo, o que possivelmente pode ocorrer em uma reunião. Falar de forma lenta, clara, descritiva e cuidando da dicção proporciona maior clareza ao diálogo e facilidade na comunicação.

 

Prefira locais sem ruídos

Ambientes barulhentos atrapalham a cadência do diálogo independente da situação, mas com a barreira proporcionada pelas máscaras torna-se praticamente impossível conversar em um lugar com muitos ruídos. Quanto mais silencioso o ambiente estiver maiores chances de sucesso a transmissão de informações terá.

Confirmar o que foi dito ou se o interlocutor entendeu a mensagem transmitida, repetir quantas vezes for necessário e perguntar caso não entenda algo fazem com que o diálogo mantenha-se vivo e não se perca nenhuma informação. É necessário ter paciência tanto consigo quanto com os interlocutores para que a comunicação possa se estabelecer de forma satisfatória e funcional.

 

Use linguagem descritiva

Principalmente tratando-se de reuniões, a escrita pode ser uma excelente ferramenta auxiliar para proporcionar boa comunicação. Compartilhar pautas escritas e detalhadas do assunto que está sendo tratado ou utilizar meios como projeção de slides, como material de apoio para as falas, auxilia na manutenção da atenção e no entendimento global.

Além da escrita, outras formas de representação gráfica ou concreta do que se pretende dizer também podem ser utilizadas, como desenhos, fotos ou demonstração de objetos. Trazer elementos mais palpáveis para dentro do diálogo auxiliam em sua condução e mesmo quando a fala deixar alguma lacuna eles fazem o papel de ilustrar o tema.

Há diversas formas de auxiliar o diálogo e a comunicação, mas uma ação que não deve ser adotada de forma alguma é retirar a máscara buscando maior clareza na fala. É inevitável que seu uso cause certo incômodo e atrapalhe um pouco a comunicação, mas mantê-la principalmente em ambientes fechados e na presença de outras pessoas, como ocorre em uma reunião, é essencial para prevenir a contaminação por Covid-19 e reduzir a propagação da doença.

Se precisar criar ambientes no escritório para facilitar a comunicação, preparados para reuniões com o mobiliário adequado, que pode incluir divisórias de vidro e materiais acústicos, fale com a RS Design. Temos uma equipe de consultores preparados para analisar sua necessidade e indicar as soluções para o seu caso. Fale com a nossa equipe!

Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *