O que é um escritório “tipo” Google?

Tipo-Google (1) Quando falamos de escritório “tipo Google”, estamos falando de todo um conceito de espaços desenvolvidos estrategicamente para impactar na forma de trabalhar das pessoas, garantindo mobilidade/conectividade (devido às tecnologias atuais) e humanização (espaços mais informais, focados nas pessoas).

Esta junção de “tecnologia + humanização” é uma parte da receita de como fazer um escritório onde as pessoas vão gostar de trabalhar e de contar para os amigos, cheias de orgulho!

É que hoje o status profissional, para a grande maioria, não é mais ter aquela sala fechada, com mesa executiva e cadeiras imponentes. As pessoas querem se sentir “fazendo parte da empresa”.

E uma empresa que prepara todo o espaço físico pensando na forma como as pessoas trabalham, em como elas podem exercer as atividades de maneira profissional, porém mais informal, permite que o sentimento de “pertencimento” seja aflorado.

Se você conhece alguém que trabalha no Google, com certeza vai falar – “Nossa, que legal, você trabalha no Google!

E o que esta frase quer dizer? Que todos sabem como são os ambientes do Google, mais descontraídos, com áreas de descompressão, arquibancadas para compartilhamento de ideias, pufes, redes, dress code mais informal, assim como o clima leve das reuniões em áreas de convivência… tudo favorecendo um clima de trabalho mais colaborativo, criativo e espontâneo.

Aqui, estamos citando o Google, porque foi o grande precursor deste “movimento corporativo humanizado”, mas existem diversas empresas famosas que seguem esta mesma linha, como Facebook, Apple, Linkedin, Yahoo entre muitas.

Mas saindo um pouco do Vale do Silício*, estes conceitos já estão sendo utilizados por milhares de empresas em todo o mundo, dos mais diversos segmentos.

redbull-office_241115_02

Escritório do Red Bull, no México com área para reunião informal. Crédito: Reprodução Contemporist.com

Atualmente, até um escritório mais formal, pode ter alguma área mais descontraída para os funcionários. Para que eles possam recarregar as energias e voltar com novas inspirações para o trabalho. Ou até mesmo áreas para reuniões em um jardim, ou pontos de café espalhados pela empresa que podem servir para alguma atividade feita com notebook.

que queremos enfatizar é que “não existe receita de bolo” para se fazer um projeto corporativo.

O importante é analisar, e muito, o DNA da empresa, a sua cultura, o momento em que está vivendo e as perspectivas futuras. Com estas informações bem analisadas, pode ser feito o projeto para determinada empresa, com as necessidades específicas, podendo ter algumas áreas mais descontraídas ou até mesmo todo o escritório projetado neste conceito “tipo Google”.

Uma pergunta muito importante a ser feita antes de se projetar um escritório é: O que se espera de cada equipe?

Assim, espaços podem ser projetos para estimular o esperado! Importante ressaltar que em um mesmo dia, tarefas diferentes podem ser realizadas. E uma mesma pessoa pode precisar ser mais criativa, mais concentrada ou ter calma para resolução de questões difíceis. É bem interessante a empresa oferecer diferentes tipos de espaços para cada necessidade.

Chamamos isso de espaços de trabalho flexíveis, e novamente a tecnologia é a grande aliada, permitindo que as pessoas possam se deslocar pela empresa para os locais onde possam produzir melhor.

Qual o tipo de necessidade você precisa estimular na sua empresa?

Criatividade: se a equipe precisa apresentar soluções criativas, o ambiente deve favorecer as boas ideias e insights.

Escritório-tipo-Google-1

Não, você não precisa instalar um cesto de balão na sua empresa, como neste escritório do Google, mas admita, isso deve estimular bastante a criatividade. O interessante é fazer algo dentro da sua realidade, mas buscando instigar a imaginação. Crédito: Divulgação Boredpanda.com

Quem disse que as poltronas de um auditório precisam ser todas iguais. O Google acha que não precisam. Crédito: Divulgação Boredpanda.com

Quem disse que as poltronas de um auditório precisam ser todas iguais. O Google acha que não precisam. Crédito: Divulgação Boredpanda.com

Equilíbrio: se a equipe precisa de calma e tranquilidade para realizar as tarefas, espaços que remetem à natureza são boas opções.

Área de relaxamento do Google, próxima da área de staff. Crédito: Divulgação Boredpanda.com

Área de relaxamento do Google, próxima da área de staff. Crédito: Divulgação Boredpanda.com

Concentração: se a necessidade for de trabalho mais focado, áreas na empresa devem permitir esta possibilidade.

Mesmo numa área mais agitada, podem ser colocados sofás acústicos (sofás booth) para alguma atividade mais concentrada. Crédito: Divulgação RS Design

Mesmo numa área mais agitada, podem ser colocados sofás acústicos (sofás booth) para alguma atividade mais concentrada. Crédito: Divulgação RS Design

Alívio do estresse: as áreas de relaxamento são bem-vindas, mas algumas pessoas preferem relaxar praticando alguma atividade física ou musical. Inclusive se mexer faz muito bem para a saúde, movimentando o fluxo sanguíneo.

Área de show particular do Google, para extravasar o estresse! Crédito: Divulgação Boredpanda.com

Área de show particular do Google, para extravasar o estresse! Crédito: Divulgação Boredpanda.com

Compartilhamento de conhecimento: áreas para que as pessoas realmente troquem experiências, motivando uma busca constante por novos conhecimentos.

Olhe estes pufes no centro. Um treinamento pode muito bem ser realizado neste local.  Crédito: Divulgação Boredpanda.com

Olhe estes pufes no centro. Um treinamento pode muito bem ser realizado neste local. Crédito: Divulgação Boredpanda.com

Um toque de descontração: ok, o seu negócio é mais formal e precisa de salas que transmitam seriedade, porém um toque de informalidade pode ser interessante para fazer as pessoas “baixarem a guarda” antes de uma reunião, por exemplo.

Área de convivência ao lado de sala de reunião, favorecendo as conversas mais informais sobre o trabalho. Crédito: Divulgação RS Design Conte com a RS Design para uma Consultoria completa sobre mobiliário corporativo e tenha certeza de que será feito um projeto específico para o seu negócio e para estimular assertivamente a sua equipe. Afinal, temos vários depoimentos de nossos clientes de que um projeto personalizado funciona mesmo! *Vale do Silício: em inglês: Silicon Valley, na Califórnia, Estados Unidos, é um apelido da região da baía de São Francisco onde estão situadas várias empresas de alta tecnologia, destacando-se na produção de circuitos eletrônicos, e informática.

Área de convivência ao lado de sala de reunião, favorecendo as conversas mais informais sobre o trabalho. Crédito: Divulgação RS Design

Conte com a RS Design para uma Consultoria completa sobre mobiliário corporativo e tenha certeza de que será feito um projeto específico para o seu negócio e para estimular assertivamente a sua equipe.Afinal, temos vários depoimentos de nossos clientes de que um projeto personalizado funciona mesmo!

*Vale do Silício: em inglês: Silicon Valley, na Califórnia, Estados Unidos, é um apelido da região da baía de São Francisco onde estão situadas várias empresas de alta tecnologia, destacando-se na produção de circuitos eletrônicos, e informática.

Comentários
0 Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>