O que é cidadania corporativa?

O conceito cidadania corporativa significa a maneira como as empresas se envolvem com a sociedade como um todo. Para isso, são levados em consideração todos os tipos de relações, incluindo com governo, clientes, parceiros, funcionários e a comunidade em torno da empresa.

Assim, é possível dizer que a cidadania corporativa tem como base a sustentabilidade e a responsabilidade social que, quando juntas, conseguem beneficiar tanto a empresa, quanto a sociedade em geral.

 

O papel da empresa na sociedade

A verdade é que o conceito de cidadania corporativa pode variar muito, de acordo com o autor. Enquanto alguns entendem que ela é um conjunto de comportamentos que definem a performance social corporativa, outros compreendem que a cidadania corporativa pode ser definida como qualquer tipo de interação que haja entre empresa e o ambiente social.

Analisando as duas definições, temos:
– Performance social corporativa, ou seja, a postura da empresa diante de questões como ética, moral e civilidade.

– Já a cidadania corporativa deve ser considerada em relação às ações feitas pela empresa que impactam diretamente a sociedade, ou seja, realizações concretas e palpáveis.

E as opiniões sobre o conceito de cidadania corporativa não param por aí. Alguns autores também a classificam como o relacionamento entre empresas e sociedade. Nesse caso, entende-se por sociedade os moradores ao redor e as pessoas que interagem com a empresa, sejam por trabalharem nela ou por serem clientes.

O fato é que ainda há muitas divergências sobre o conceito de cidadania corporativa e seus limites. Cada autor a define de uma forma e amplia ou diminui a profundidade com a qual esse termo pode amparar os impactos sociais consequentes das ações das empresas.

 

Práticas de cidadania corporativa

Embora o conceito ainda possa ser um tanto quanto controverso, dependendo de quem avalia o termo, é fato que quando a empresa aposta em trabalhar com qualquer um deles, os ganhos são valiosos;

  • Aumento de valor agregado à imagem da empresa;
  • Melhor clima organizacional;
  • Aumento da satisfação dos funcionários;
  • Desenvolvimento de lideranças mais conscientes, com entendimento da responsabilidade social;
  • Sentimento de orgulho dos funcionários em participar de eventos que beneficiam a sociedade, entre outros.
  • Simpatia dos consumidores

 

Seja como for, investir em ações que beneficiem os que vivem ao redor da empresa, colabora não apenas para o crescimento social, como também para a imagem da instituição. Por isso, é preciso entender que o negócio faz parte do meio e cuidar desse meio para que o negócio se expanda.

Como a sua empresa está fazendo isso? Conte pra gente nos comentários!

Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *