O MINIMALISMO no ambiente corporativo

o-minimalismo-no-ambiente-corporativo-RS-Design-1

 

O minimalismo, conceito que envolve o mínimo necessário (se possível com peças de design), também está sendo utilizado nos ambientes corporativos.

Podemos dizer que o minimalismo é uma “filosofia de vida” que defende que menos, muitas vezes é mais. Por meio desta filosofia procura-se viver uma vida sem excessos; para tanto, cria-se ambientes que tenham um visual “clean” (limpo, em tradução literal) e leve, com o mínimo de decoração e objetos supérfluos.

Veja abaixo como o minimalismo pode ser aplicado no universo corporativo, considerando um alinhamento com a cultura e a imagem da empresa ao desenvolver o projeto para o escritório.

Móveis “clean”, com linhas retas

Uma maneira bem assertiva de colocar o minimalismo no escritório é apostar em móveis simples e angulares, sem muitos detalhes e decoração em sua estrutura.

Além de deixar o ambiente com aparência bem organizada, com ótimo visual estético, além da facilidade de limpeza que também é uma vantagem.

Máxima assertividade

Escritório Sina Plaza, China, com evidente conceito minimalista: móveis neutros, amplos espaços de circulação, pé direito alto, iluminação clara e adequada.

Escritório Sina Plaza, China, com evidente conceito minimalista: móveis neutros, amplos espaços de circulação, pé direito alto, iluminação clara e adequada.

O minimalismo prima por evitar excessos, aproveitando ao máximo o espaço e recurso disponíveis.

Desta forma, o projeto de mobiliário corporativo totalmente fundamentado neste conceito é imprescindível para um resultado satisfatório.

O aproveitamento do espaço será tão importante quanto os espaços vazios e as áreas para circulação. O resultado deverá ser um visual limpo e funcional.

Tons claros

Antigamente a maior parte das pessoas preferia uma decoração mais sóbria, com tons escuros e muito madeiramento.

Atualmente, para se ganhar em claridade, organização e sensação de bem-estar, as cores preferidas para o mobiliário são tons claros, como o branco, off white, tons neutros de madeira ou cinza claro. São cores, que deixam tudo mais aparente e até ajudam a reduzir a necessidade de iluminação artificial no ambiente, com ganhos de custo para a empresa.

Ambientes compartilhados
Espaço de convivência e compartilhamento do Euromoney Inst. Investimento New York.

Espaço de convivência e compartilhamento do Euromoney Inst. Investimento New York.

Muitas empresas têm apostado na criação de ambientes compartilhados em seus escritórios, sejam eles estações comunitárias de trabalho ou espaços para lazer, confraternização e descompressão.

Estes ambientes são ótimos para fazer com que as pessoas recarreguem a energia para continuar os desafios no trabalho. E mesmo nestas áreas pode-se criar esse tipo de ambiente minimalista, utilizando um número consideravelmente menor de paredes e divisórias, o que ajuda o espaço a ficar mais amplo e leve.

Detalhes embutidos no mobiliário (ou inexistentes)

A maior parte das pessoas considera os puxadores de um móvel um detalhe pequeno e insignificante. A verdade, no entanto, é que eles podem ter um impacto considerável na decoração de um ambiente. Assim como a fiação de rede e elétrica que precisa circular pelas mesas e Estações de Trabalho.

É fundamental que o mobiliário seja desenvolvido para escritório, com passagem adequada de cabeamentos por meio de calhas e caixas de conectividade.

Fale com a RS Design

Se você deseja incorporar o minimalismo ao seu escritório, não deixe de buscar o auxílio da RS Design. Queremos fornecer o mobiliário adequado, da forma adequada para a sua equipe produzir bem e sua empresa crescer.

Comentários
0 Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>