Móveis para advogados

Móveis para advogadosEscritórios de advocacia devem ser projetados com base na seguinte pergunta: como se sobressair à frente da concorrência? Além da competência dos profissionais, o que auxilia muito um escritório de advocacia a se estabelecer no mercado é a imagem que será transmitida. Credibilidade e segurança são fatores muito importantes a serem transmitidos.

Dicas para montar um escritório de advocacia

1. Espaço

Existem escritórios de advocacia de diferentes portes, desde pequenos escritórios, com salas comerciais, até escritórios enormes com grande número de funcionários.

É importante avaliar o tipo de negócio quando se faz um projeto corporativo e também o tamanho deste negócio, prevendo sempre um possível crescimento da equipe.

A estrutura física deve sempre acompanhar o crescimento dos negócios no escritório. Podem-se montar estações de trabalho com posições para futuros colaboradores, como estagiários, por exemplo. E mesmo que o escritório mude para um novo endereço, com espaço maior, é importante adquirir mobiliário que permita remanejamento e acoplamento de novos módulos, mantendo o mesmo padrão.

2. Coworking

Muitos advogados têm trabalhado em um sistema de coworking, ou seja, dividindo uma sala com dois ou mais profissionais, reduzindo muito os custos para cada um.

Chegar a um acordo é fundamental para que as instalações do escritório não consumam o capital investido mais que o necessário.

Para o sistema de coworking, as estações de trabalho são ideais, pois possibilitam o aproveitamento do espaço disponível, organizando o escritório e permitindo a troca de experiência entre os profissionais.

3. Mobiliário corporativo

Para o desenvolvimento de um bom projeto para escritórios de advocacia, devem-se observar critérios que transmitam organização, confiança e credibilidade no serviço que se está contratando. Isso pode ser transmitido principalmente pela disposição e modelo dos móveis escolhidos. Quanto mais estudado for o layout para a disposição dos móveis e das equipes, quanto melhor for a qualidade do mobiliário, melhor será a impressão causada ao cliente. Portanto, atenção na escolha do mobiliário:

  • A mesa, geralmente, é o item que causa mais impacto ao se entrar em um escritório de advocacia, por isso uma mesa executiva de advogado é a opção mais inteligente para mostrar elegância, força e segurança;
  • Cadeiras extremamente confortáveis e elegantes devem ser distribuídas para todos do escritório, principalmente para os visitantes. A cadeira presidente e a cadeira diretor fornecem notoriedade ao advogado, bem como, todo o conforto, durabilidade e elegância possíveis;
  • Sofás e poltronas de couro legítimo na recepção com design clássico proporcionam conforto e modernidade, deixando uma primeira impressão positiva.

4. Salas de atendimento e reunião

Salas de reuniões devem ser projetadas para impressionar os clientes, de preferência com uma área de café próxima ou dentro da própria sala.

Neste local, o cliente tem que sentir profissionalismo e seriedade, pois se trata do lugar onde as decisões mais importantes serão tomadas.

São indicados móveis em tons amadeirados mais escuros para estas salas.

5. Sala de convivência

Um escritório de advocacia pode sim ter uma sala de convivência para os profissionais, não precisa ser algo “descolado”, pois não é o perfil desta turma. Pode ser uma sala com mesas altas e banquetas, permitindo o uso de Notebooks e outros eletrônicos. De preferência junto a uma copa ou área de café.

A RS Design pode lhe ajudar neste desafio por meio de uma equipe de especialistas para desenvolver o melhor projeto, garantindo que seu escritório fique elegante e funcional. Além disso, a linha de móveis é extensa, para atender diversos tipos de ambientes.

 

Projeto da RS Design para Escritório de Advocacia.
Tour escritório

Comentários
0 Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>