Leve a natureza para o seu escritório

natureza

O contato com a natureza aumenta a expectativa de vida e melhora a saúde das pessoas. É isso o que indica as variadas pesquisas que são feitas sobre o tema. Sendo assim, por que não levar o meio ambiente para dentro do local de trabalho?

Um estudo feito pela Universidade de Harvard, em parceria com o Brigham and Women’s Hospital, entrevistou 108 mil mulheres sobre o estilo de vida. A avaliação concluiu que a taxa de mortalidade era 12% menor nas que viviam nas áreas verdes do que nas que moravam nos centros urbanos. Além disso, elas tinham 34% menos casos de doenças renais do que as que moravam longe de áreas verdes.

Esses dados ajudam a compreender o quanto o contato com a natureza é importante para a saúde humana no geral. Assim, as organizações devem fazer o possível para que o colaborador tenha esse contato com o meio ambiente, mesmo em seu local de trabalho. Quer saber como? Veja as dicas!

Traga plantas para dentro do seu escritório

Uma forma simples de permitir que os colaboradores tenham contato com a natureza é ter plantas no escritório. Você pode colocar vasos nos cantos, que servirão como decoração. Vasinhos menores em prateleiras e até mesmo floreiras nas janelas também são boas opções.

Observe no escritório da CROYO que além do verde do jardim vertical, foram utilizadas as cores do por-do-sol nas poltronas, almofadas e tapete. Crédito: Reprodução Officesnapshot

Observe no escritório da CROYO que além do verde do jardim vertical, foram utilizadas as cores do por-do-sol nas poltronas, almofadas e tapete. Crédito: Reprodução Officesnapshot

Se o espaço for pequeno explore os jardins verticais. As paredes ganham vida e o ambiente fica muito mais acolhedor. E quanto à manutenção? Bem, existem atualmente diversos tipos de jardins verticais: natural, artificial ou preservado. Você pode escolher o melhor tipo para o seu escritório. Se você quiser se aprofundar no assunto, fizemos um artigo sobre jardins verticais no nosso blog Espaço do Arquiteto.

Quem tem área externa pode também apostar no jardim. Já perto da cozinha de uso comum, uma boa alternativa é ter mini-hortinhas, com plantação de verduras, como alface e até temperos. Tudo isso pode ser feito em vasinhos. Vale lembrar que os temperos, além de serem bonitos visualmente e úteis, deixam um aroma agradável no ambiente.

Aproveite a luz solar

A luz natural impacta significativamente o ritmo circadiano* gerando consequências na saúde dos trabalhadores.

Ambientes iluminados corretamente aumentam a produtividade dos colaboradores porque melhoram a disposição ao trabalho. Como está o aproveitamento da luz natural no seu escritório?

Existe boa incidência de luz pelas janelas? É claro que não pode ser aquela luz ofuscante e o mobiliário tem que estar posicionado corretamente evitando que a luz reflita na tela do monitor, por exemplo. Vale lembrar a importância de um adequado projeto de mobiliário corporativo que irá considerar todas estas questões.

Outro recurso interessante para propagar a luz natural no escritório é a Divisória de Vidro, que permite um ambiente claro, com amplitude visual e espaços mais privativos, quando necessário. Aposte nelas!

Caso o projeto não permita o uso de luz natural, outros recursos devem ser utilizados, tais como, luz artificial que tenha efeito semelhante à luz natural, uso de painéis com paisagens que remetam às cenas da natureza com luz natural, e, quando for possível, “conseguir” esta luz natural com claraboias, por exemplo, é sempre bem interessante.

Em ambientes como do Circle-k-offices, que não possuem luz natural, pode-se utilizar de paisagem que remetam à natureza e à luz natural. O cérebro entende como positivo. Crédito: Reprodução Officesnapshots

Em ambientes como do Circle-k-offices, que não possuem luz natural, pode-se utilizar de paisagem que remetam à natureza e à luz natural. O cérebro entende como positivo. Crédito: Reprodução Officesnapshots

Use as cores certas

Se utilizarmos as cores que vemos na natureza na decoração de um ambiente, será agradável ao olhar humano. Podemos pegar como exemplo as cores de uma paisagem de praia, ou de uma floresta ou de um belo por do sol, e utilizá-las nas paredes, pufes, poltronas, etc.

As cores da natureza já estão "registradas no DNA" da humanidade e por isso são facilmente aceitáveis pelo cérebro.

As cores da natureza já estão “registradas no DNA” da humanidade e por isso são facilmente aceitáveis pelo cérebro.

O mobiliário (mesas e estações de trabalho) pode ser branco ou com tons madeirados, que também remetem à natureza.

O cérebro humano não sabe porque, mas irá gostar da composição de cores. É que em algum momento, isso foi registrado como padrão da natureza, ou seja, algo reconhecível.

No escritório da KDS foram utilizadas as cores de uma floresta (tons de verde e madeira) e o mobiliário branco. Crédito: Reprodução Officesnapshots

No escritório da KDS foram utilizadas as cores de uma floresta (tons de verde e madeira) e o mobiliário branco. Crédito: Reprodução Officesnapshots

Aromas

Você também poderá usar difusores aromáticos em todo o espaço, com aromas de plantas, flores, entre outros. Além de serem agradáveis, ajudam nessa inclusão da natureza no local de trabalho.

Sala de descompressão

E caso o projeto permita uma sala de descompressão para os profissionais, então todos os sentidos podem ser aguçados pelo tema de natureza. No campo visual, utilize paisagens de floresta ou de mar. Para audição, sons da natureza. Para olfato, aroma de mato. Paladar, tenha alguns produtos naturais para os colaboradores beliscarem e por último e não menos importante, o tato pode ser explorado em todas as texturas naturais do mobiliário, como pufes, poltronas, sofás, redes, balanços, etc.

A RS Design está pronta para ajudar você a desenvolver o seu projeto de mobiliário corporativo, analisando suas necessidades nos detalhes e desenvolvendo algo bem personalizado para o seu negócio, pensando na motivação natural da sua equipe! Entre em contato conosco!

*Ritmo circadiano – Também conhecido como ciclo circadiano, trata-se do período de 24 horas que baseia nosso relógio biológico. O ritmo circadiano sofre influência direta da luminosidade, da temperatura, e das definições de dia e noite. É o grande responsável por regular o nosso sono, apetite, temperatura corporal, níveis hormonais, estado de alerta e o metabolismo como um todo, interferindo na atividade física e na digestão.

Comentários
0 Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>