Descubra o que especialistas dizem sobre o futuro da economia e quais mercados poderão surgir mais fortes após a pandemia

artigo-economia-pandemia

Tudo é muito recente e até mesmo para os especialistas, fica difícil determinar o que dará certo ou não depois do controle da pandemia. Afinal, não é um problema somente do Brasil. A economia global foi atingida.

Há alguns especialistas que acreditam que no segundo semestre a realidade vá melhorar e que a recuperação tenda a ser rápida. Enquanto outros acham que uma melhora verdadeira não vai acontecer em 2020.

Seja como for, o agronegócio, mais uma vez, deverá ajudar a segurar o PIB brasileiro. O setor é tido como fundamental para salvar a economia brasileira. Nesse meio, podemos destacar a exportação de carne suína, como um dos pontos de destaque.

Em Santa Catarina, por exemplo, os números são bons e houve um crescimento. Parte disso pode ser explicado pelo grande consumo de carne suína na China. O país, embora produtor deste tipo de carne, teve um problema sanitário muito grave. A Peste Suína Africana matou milhares de suínos na China e deixou a produção local muito afetada. Dessa forma, a China tem que importar e um dos exportadores é o Brasil.

Embora essa notícia seja relativamente boa para a economia brasileira, há setores que vão sofrer muito. É o caso de quem trabalha com turismo.

Linhas aéreas: algumas não sobreviverão

Especialistas acreditam que algumas empresas aéreas não vão conseguir sobreviver a esse momento turbulento. Devido à quarentena, as pessoas não puderam mais viajar, cancelaram passagens e ficaram em casa. Agora, cada companhia aérea faz o que pode para sobreviver.

Alguns países estão se organizando e criando uma “bolha do turismo”, onde regiões vizinhas que tenham a pandemia em situação de controle possam abrir para o turismo com condição de segurança para quem quer viajar. Se isso ocorrer, as companhias aéreas poderão tomar algum fôlego no segundo semestre.

Setor petroleiro

Outro que está sofrendo muito com a pandemia é o setor petroleiro. Os preços já caíram mais de 50% em 2020. Isso é facilmente explicado. Se as pessoas estão em casa, não se locomovem com os seus veículos. Quando isso acontece, não é preciso ter combustível. O resultado é um estoque grande, sem ter quem queira comprar.

 

Seja como for, cada país está lutando, da sua forma, para recuperar a economia. Uma das medidas adotadas pelo presidente dos Estados Unidos, por exemplo, foi impedir a entrada de imigrantes enquanto a economia não se reestabelecer.

Já no Brasil, o governo federal lançou o programa Pró-Brasil, que pretende atrair empresas estrangeiras. “Vamos dar continuidade a coisas que já estavam andando. Como o vigoroso programa de concessões, que tem a vertente do programa ‘ordem’, que vai tratar da regulação, do suporte legislativo, para que a gente possa atuar no ambiente de negócios para trazer o investimento privado para cá”, disse Tarcísio de Freitas, ministro da Infraestrutura, em coletiva.

No entanto, há setores da economia que estão sendo bastante procurados e por isso até aumentando o quadro de funcionários. É o caso de empresas de investimentos, como a XP Investimentos que anunciou contratações e outras empresas do segmento de tecnologia, que estão sendo muito procuradas para a inserção de empresas (de diversos segmentos) no universo digital.

O importante, como empresário, é buscar informações no seu segmento, em instituições, associações e até mesmo com o seu concorrente. Isso mesmo, o momento agora é de trocar ideias e informações para fazer a economia girar novamente.

Neste momento, é importante você pensar nestas questões econômicas e preparar o espaço físico do seu escritório para a retomada das equipes.

Aqui na RS Design, criamos um E-BOOK com algumas orientações práticas para você preparar a sua empresa, desde dicas para programas de higiene, comunicação para colaboradores e clientes, análise de reestruturação de equipes e remanejando de mobiliário. Fique à vontade para baixar gratuitamente nosso E-BOOK aqui. E se quiser conversar com a gente sobre o seu escritório, estamos por perto.

Comentários
0 Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>